inic
conh
quem
estr
pres
dados
rev
atual
anter
segges
encs
assess
port
indic
infos
man
neg
feiras
asso
esta
como
benefs
fale
inf
links

29

Editorial da Revista PNEWS - FEV 2006 29

 

Hersílio Coelho de Moura
• Presidente de 2005 a 2007
 
Temos uma longa batalha pela frente
Iniciamos 2006 com a revogação da resolução que proibia a reforma em pneus de moto. A angústia que vivemos durante o período em que vigorou a proibição e a revolta que tomou conta do setor como um todo, teve um preço e uma conseqüência. O preço, o prejuízo causado aos reformadores de pneus de motos que são incalculáveis, tanto financeira, quanto moralmente.

Conseguimos reverter a proibição na Justiça o que minimizou o problema. Porém, como conseqüência, o episódio gerou uma revolta tão grande, que hoje sentimos como nunca, o desejo de todos os reformadores, de todos os pontos do País, de nos unirmos. De mostrarmos para aqueles que tentam prejudicar o nosso setor, que pensam que o mercado brasileiro de pneus é um feudo, que eles manipulam de acordo com suas conveniências, que os reformadores brasileiros, juntos, unidos, motivados para a luta, são um osso muito duro de roer.

Não contamos com os recursos financeiros nem com a força na mídia de nossos adversários. Porém, diferentemente deles, contamos com a força de defendermos nossas empresas, que são nossas, não de acionistas espalhados pelo mundo que hoje estão aqui, amanhã quem sabe. As multinacionais de qualquer segmento, não têm ideologia, fronteiras, nada. Visam apenas LUCRO. Com a globalização, pode-se fabricar qualquer produto em qualquer lugar do mundo. Diferentemente de nós, pequenos e médios empresários, que sempre estaremos aqui, no nosso País, desejando sempre o melhor para o Brasil, para nossa família.

Temos uma longa batalha pela frente. No setor de reforma de pneus de moto, na defesa da importação de carcaças como matéria-prima, na certificação de nossos produtos pelo Inmetro, na melhoria e no crescimento de nosso mercado. Tenho certeza que vamos conseguir alcançar nossos objetivos, porém, é fundamental que estejamos unidos, juntos, motivados e com nossa auto-estima lá no alto.

Um abraço a todos.

 

Hersílio Coelho de Moura
Presidente da ABR

 

<•> Revista PNEWS 52

<•> Voltar ao índice Palavra do Presidente

 


1

 
 
Associe-se