PRODUÇÃO E CONSUMO SUSTENTÁVEIS

Cenário da reforma de pneus no Brasil

A reforma de pneus

Existem três processos de reforma de pneus:

 

A reforma de pneus e o transporte

O setor de reforma de pneus é fundamental para a economia do segmento de transportes:

 

A reforma de pneus e a economia

Próximo de dois terços dos pneus de caminhões ou ônibus que circulam pelo país são reformados:

 

 

 

De 2008 a 2017 (últimos 10 anos), a Reforma de Pneu produziu:

A economia é a soma da reforma de pneus comerciais e a reforma de pneus de automóveis, vezes a economia gerada por pneu de Petróleo em cada setor.

 

Gás Efeito Estufa (CO2) não Emitido pela Reforma de Pneus na Redução de Uso de Petróleo  

159 litros = 1 barril. (FONTE PETROBRÁS)

Cada barril emite  430 metros cúbicos de CO2  (FONTE ABNT)

4.929.200.000 de litros de economia de petróleo por 10 anos (2008 a 2017) de reforma de pneus = 31.001.258 de barris. (Fonte ABR /TRIB)

Multiplicando 430 m³ CO2 por 31.001.258 de barris.

Resultado = 13.330.540.881 de metros cúbico de CO2 não emitidas na atmosfera em 10 anos (2008 a 2017).

(Fonte Petrobras, ABNT e ABR)

Não é uma atividade poluidora e seus resíduos sólidos são reciclados por outras atividades.

 

A reforma de pneus e o emprego

Geração de mais de 250.000 empregos diretos e indiretos, sendo a maioria Microempresas e empresas de pequeno porte.

Geração de empregos diretos e indiretos

O setor gera 250 mil postos de trabalho diretos e indiretos.

Cinco mil empresas em trabalho direto e indireto, sendo que a maioria é de microempresas e empresas de pequeno porte

 

Os números da reforma de pneus

Faturamento do setor: R$ 5 bilhões/ano considerando as unidades Reformadoras de pneus, os Fabricantes de Matéria-Prima, de Máquinas e Equipamentos;

Arrecadação de 1 bilhão em impostos (300 milhões/ano) de PIS e COFINS; R$ 500 milhões/ano de ICMS e R$ 200 milhões/ano de INSS).

 

Geração de Negócios no setor

O mercado gera cerca R$ 5 bilhões/ano entre fabricantes de matéria-prima, fabricante de equipamentos e reformadores de pneus

 

Empresas:

Produção de pneus reformados em 2017:

 

 

A reforma de pneus e a regulamentação no Brasil

Registro no Inmetro

O setor é regulamentado pela Portaria nº 554 de 29 de outubro de 2015, para o serviço de reforma de pneus para automóveis, camionetas, caminhonetes, veículos comerciais, comerciais leves e seu rebocados.










SERVIÇO DE ATENDIMENTO
Tel: (11) 5095-3840
E-mail: comercial@abr.org.br

LOCALIZAÇÃO
Av. Pavão, 955 Cj 18 - Moema
São Paulo / SP


Copyright 2018 - Todos os direitos reservados
ABR - Associação Brasileira do Segmento de Reforma de Pneus