NOTÍCIAS - Mercado



COVID-19: Restrições ficam mais severas em São Paulo

Essencial, setor de reforma de pneus continua funcionando normalmente


Diante da possibilidade de um colapso no sistema de saúde provocado pela rápida escalada da transmissão do novo coronavírus, o governo de São Paulo decretou uma fase emergencial mais dura a partir da próxima segunda-feira como parte de seu plano de combate à pandemia.

No entanto, o serviço de reforma de pneus continuará funcionando normalmente, sem restrições. Isso porque o setor de transporte é fundamental para que o País continue a manter o abastecimento das casas, medicamentos e insumos de saúde, além dos alimentos, combustíveis, entre outros itens importantes. Dessa forma, está na lista dos setores essenciais que não podem parar.

Inicialmente, as restrições valerão por 15 dias e incluem toque de recolher das 20h às 5h, período em que as pessoas deverão ficar em casa e poderão ser abordadas para orientação em todo o estado. Não haverá multa para pessoas físicas nem detenção. Autuações seguirão sendo aplicadas a donos de estabelecimentos que promovam aglomerações, e a frequência de praias e parques estará vetada. Também haverá blitze de fiscalização pela PM e pela Polícia Civil. Como já ocorre desde o começo da pandemia, quem estiver sem máscara poderá ser multado.

Atualmente, dez estados brasileiros e o Distrito Federal estão mantendo restrições mais severas para tentar conter o avanço da doença.



Mercado

Indústria de pneus registra queda de 73% das vendas em abril

Acontece

Respeito e Responsabilidade. Pratique no trânsito.

Acontece

Borracha começa a atrasar linha das grandes montadoras

Mercado

Venda de pneus cresce 10% em março e 5,4% no trimestre


Veja todas as noticias










SERVIÇO DE ATENDIMENTO
Tel: (11) 5095-3840
E-mail: comercial@abr.org.br

LOCALIZAÇÃO
Av. Pavão, 955 Cj 18 - Moema
São Paulo / SP


Copyright 2021 - Todos os direitos reservados
ABR - Associação Brasileira do Segmento de Reforma de Pneus