NOTÍCIAS - Mercado



BNDES lança novas linhas de financiamento

Novas linhas são voltadas às pequenas empresas e setores de alta tecnologia.


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou recentemente dois novos programas de financiamento.

 

O primeiro deles é a linha BNDES Crédito Pequenas Empresas que tem como foco a geração de empregos e a ampliação da concessão de crédito para empresas de menor porte, responsáveis por mais de 50% dos postos de trabalho formais no País.

 

A expectativa do órgão é que a demanda para este programa chegue a R$ 1 bilhão rapidamente e, se necessário, o BNDES disponibilizará mais recursos, caso a solicitação seja maior.

 

A linha será oferecida por meio dos agentes financeiros credenciados que repassam recursos do BNDES. As empresas interessadas podem ir direto aos bancos ou acessar o Canal MPME, que permite encaminhar pedidos de financiamento a um ou mais bancos repassadores, selecionados conforme as necessidades de quem solicitar e de acordo com o perfil informado pelo tomador.

 

A nova linha terá limite de crédito máximo de R$ 500 mil por cliente a cada 12 meses, com prazo máximo de até 60 meses e até dois anos de carência. O cliente contará com três opções de juros de referência – Taxa de Longo Prazo (TLP), taxa Selic ou Taxa Fixa do BNDES (TFB). A eles será acrescida a remuneração do BNDES, de 1,45% a.a., e a remuneração do agente financeiro, que é negociada diretamente com o cliente final. Com isso, na maior parte dos casos, os juros do financiamento devem ficar em torno de 1,3% a.m.

 

BNDES DIRETO 10

 

Outro Programa é BNDES Direto 10, que apoiará investimentos de setores de alta complexidade tecnológica e intensivos em conhecimento, tais como tecnologia da informação e Comunicações (TIC)educaçãoeconomia criativaeficiência energéticaequipamentos de saúdeautopeças, bens de capital (BK), defesa e inovação. O objetivo é estimular o esforço inovador de pequenas e médias empresas desses e de outros setores que poderão acessar os recursos.

O BNDES Direto 10 foi desenhado para apoiar companhias que promovem melhoria de produtividade, geram os empregos do futuro, criam produtos de alto valor agregado, promovem a expansão da infraestrutura de banda larga e ampliam a eficiência energética. O foco do novo produto são pequenas e médias empresas, com faturamento anual entre R$ 3 e R$ 300 milhões, que poderão ter acesso direto ao BNDES para financiamentos entre R$ 1 milhão a R$ 10 milhões.

Garantias – Os interessados no Programa BNDES Direto 10 poderão contar com flexibilidade nas garantias, incluindo a utilização do Fundo Garantidor do Investimento (BNDES FGI), o que permite maior acesso ao crédito às empresas intensivas em ativos intangíveis, com dificuldades de constituir garantias reais.

O banco de fomento inovará na análise dos pedidos submetidos ao programa, buscando realizar a contratação em até três meses, a partir da entrada do cliente. Isso será possível graças a um novo processo de crédito, que estabeleceu critérios predefinidos  de validação e revisão de alçadas, sem prescindir da qualidade do compliance. O BNDES buscará a redução de prazos também com investimentos em TI e melhoras contínuas de processo.



Especial

Cuidados com carros no inverno precisam ser redobrados

Mercado

CNT divulga Pesquisa de Impacto nos transportes

Pneushow é adiada para março de 2021

Acontece

ABR participa de ação de testagem no Mato Grosso


Veja todas as noticias










SERVIÇO DE ATENDIMENTO
Tel: (11) 5095-3840
E-mail: comercial@abr.org.br

LOCALIZAÇÃO
Av. Pavão, 955 Cj 18 - Moema
São Paulo / SP


Copyright 2018 - Todos os direitos reservados
ABR - Associação Brasileira do Segmento de Reforma de Pneus